terça-feira, 5 de maio de 2009

Nunca fique bêbado em um local público

Bem, por local público entenda principamente como uma rua e por bêbado, entenda como quase em coma.

Eu explico.

Fui na virada cultural (que por sinal foi bem legal, irei no ano que vem com certeza) e depois de andar pra todo canto pra falar que fui em tudo resolvi parar na praça ahn... aquela onde fica a Facvldade de Direito e a Escola de Commércio, esqueci o nome, que tava tocando um eletrônico bem legal. Entre bêbados, mendigos dançando e um cara fumando um charuto de gramonha vi uma cena que me deixou no mínimo com nojo.

Tinha um cara estirado no chão em semi-coma (se é que isso existe). O cara tava do jeito do cara aí da foto:

O cara não se mexia. Veio um outro cara (?), sentou em cima dele e começou de lamber a cara do cidadão. Lambia, enfiava a língua na boca dele, mordia.

Puta que pariu, que nojento.

E o cara não esboçava nenhuma reação, continuava lá deitadão.

Todo mundo começou a olhar pro cara com aquela cara de "que filho da puta" e de "é, realmente, cu de bêbado não tem dono", até que o baitolão percebeu e puxou o cara do chão e carregou ele pra outro canto.

O que ele fez depois só Jah sabe.

E, caros inúteis, realmente, cu de bêbado não tem dono e, se um dia você cair na rua, espere pelo pior.

3 comentários:

RebentaMininu disse...

uauhauhauha... nao aguenta beber, bebe leite!

Tremoço disse...

JÁ VI VC EM IGUAL ESTADO

prego disse...

hahaha

fiquei mas tava em seguranca!