quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Métodos extremamente cruéis de tortuta

Suspeito do Massacre de Mumbai é torturado com sexo

Fahim Ansari, suspeito de ter participado do atentado que matou 173 pessoas em novembro, acusa uma oficial do FBI de tê-lo torturado com sexo, arrancado suas roupas, deixado várias marcas de mordida pelo seu corpo e o obrigado e ver filmes pornôs.
Coitado. Deve estar até agora tendo pesadelos com a oficial malvada.

Cada vez mais odeio os Estados Unidos. Malditos infiéis e seus métodos de tortura desumanos.

4 comentários:

Michele disse...

Por isso eu digo que deveria morar lá, assim posso ajudá-los a não cometer mais maldades como essa!
rs

Mortandela disse...

Hahaha!

Márcio Diemer disse...

Putz!! Quanta injustiça!

Mortandela disse...

pra vc ver neh...