sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Será q o Brasil vai quebrar?

De vez em quando me pego pensando, enquanto estou no metrô ou andando na rua, onde as pessoas conseguem arrumar dinheiro pra comprar tantos carros? E não são carros baratinhos não, a maioria q eu vejo é acima de 60 mil.

Vou dar uma de filósofo economista.

Acompanhem meu raciocínio e me corrijam se eu estiver errado.

Acho q a maioria de vcs já viu falar na TV, jornais, sei lá onde, sobre a crise nos EUA. Certo.

Pra quem não sabe do q eu tô falando, clica aqui.

Então, resumindo, um monte de gente pegou dinheiro emprestado pra comprar casas a um longo prazo. Só que essas pessoas não conseguiram pagar suas dívidas, criando uma reação em cadeia de inadimplência, levando muitas empresas de crédito pro buraco e uma crise q pode afetar o mundo inteiro de uma maneira não muito sutil.

Até aqui td bem.

Continuando.

Os EUA são um país forte, de primeiro mundo, com uma das maiores e mais influentes economias mudiais. Ok, então, tem pessoas com um maior poder aquisitivo, ou seja, salários maiores e melhores.

Já o Brasil tem uma economia considerada emergente, está crescendo, etc etc.

Só q há um problema. A política econômica interna do Brasil é baseada no controle do consumo. Exemplo: As pessoas compram muito, os preços se elevam (essa é a tal de inflação). Pra controlar isso o governo intervém aumentandoos juros, afzendo com q as pessoas comprem menos. Esta estabilidade econômica forçada faz com quem ao meu ver, não haja desenvolvimento. E isso gera um círculo vicioso, causando estagnação.

Com este controle de consumo a taxa de desemprego raramente diminui, às vezes até aumenta, gerando maior desigualdade social. E os salários ficam cada vez menores se comparadas a países de primeiro mundo, pois as empresas ofertam salários menores devido à concorrência (a tal da lei da oferta e da procura). Exemplo: Estou desempregado e preciso de um trampo urgente. Mesmo possuindo uma escolaridade razoável, me sujeito a receber menos por uma função q em outros países se pagaria o dobro, ou o triplo.

Porém, as empresas querem ter lucro. Óbvio. Não há capitalismo sem lucro.

O q fazer para vender coisas caras em um país onde a maioria das pessoas não tem dinheiro pra comprar à vista?

CRÉDITO!

Simples, não?

Não tão simples assim. Comprar é fácil, o problema é pagar.

É aí q a coisa pega.

Se vc faz uma compra de uma TV de plasma, por exemplo de R$ 3000 e parcela em 12X, vc vai ficar 2 anos endividado em R$ 250 por mês. Ok. Só q vc não vive só de televisão. Vc precisa comer, pagar seus impostos, comprar roupa... Aí a coisa muda denovo, aí vc vai lá e manda no Visa.

Até aí td bem... Coisas pequenas até dá pra fazer uma forcinha pra pagar.

Só q aí entra a história do parcelamento de carros em 84 vezes! O q eu considero um absurdo, mas é o q as montadoras estão praticando ultimamente.

Você, Sr. José, q recebe um salário de R$ 2500 e se acha rico, vai lá na Toyota e compra uma Hilux SW4 em 84X. Só q mais uma vez vc não vice só de carro, vc tem outras obrigações, como família e impostos e, agora, tem q acar com despesas do carro, como gasolina, óleo, pneus e mais impostos como IPVA, licenciamento, DPVAT...

Agora, pensem amplo: estou falando sobre uma pessoa, imaginem milhares, dezenas de milhares; melhor, milhões de pessoas nesta situação.

Pra onde a gente volta? Pro começo do texto, só q com o Brasil no lugar nos EUA.

Lembrando: Os EUA são um páis rico, de economia forte, com uma política totalmente diferente da praticada no Brasil. Vocês também devem ter visto as decisões tomadas pelo Bush.

Será q nossos governantes tomariam as mesmas decisões diante de uma crise dessas aqui? Eu acho q não.

Agora, tirem suas próprias conclusões.

4 comentários:

Maga disse...

Caramba, legal o pensamento...

Eu tive isso em aula ontem, com o professor de Geopolítica falando sobre Globalização, mercado financeiro e essas baboseiras todas...

... ou seja ... o Brasil tah f.....

porém vc sabe pq o Brasil não pode crescer muito???

Raul disse...

Porque não tem infra-estrutura.

Daniel disse...

o Serra vai pegar o Brasil qdo ele já estiver no limite.
o Brasil vai quebrar na mão do Serra, ele não vai conseguir segurar..

e tudo q vc falou vai acontecer.

Fabio disse...

http://colunistas.ig.com.br/ricardokotscho/2009/07/28/sardemberg-garante-que-o-brasil-nao-quebra-mais/comment-page-1/

leiam isso